Sangue amigo

amigo

se teu corpo não sangra

se em teu leito não sonhas

se eu e você já não somos

 

amigos

se nós já não nos gostamos

nos apaixonamos por outros ouros

e nossos olhos só vêem dor

 

amigo

se teu peito expulsa a cor dos meus ais

se teu retolhar é baço

e se no porto tempestades rugem

nada mais

 

amigo

nada mais

teu sangue quente ferveu

evaporou e subiu

pra cabeça vã

vaga de amor

amigo

não mais.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: